Um dos LPs mais doidos dos últimos anos foi o Land of Light da dupla Jonny Nash e Kyle Martin. No ano passado, a dupla se apresentou por longas 6 horas num festival em Trisno, na Croácia. Ouça aqui a gravação deste show/set e faça uma boa viagem!

São Paulo abriga cada vez mais espaços para música independente e alternativa. Arrisco dizer que estamos num momento de especulação, uma bolha cultural! Algumas das casas mais legais que recebem shows regularmente são:

Confira nos sites a programação dos próximos shows e festas. :-)

 

Que música linda! É demais esse Russo brasileiro.

Este foi mais um excelente ano para música. Bom, pelo menos para o tipo de música que curto escutar! Senti o mesmo feeling nos últimos dois ou três anos. Então, talvez não seja a música, mas eu e meus feelings. Enfim… É uma pena que não tive a concentração necessária para postar mais neste blog sobre os sons que tenho escutado nem mesmo para gravar mais sets ou mixagens. Quem sabe em 2015!? Hehehehe.

Mas não posso deixar o ano acabar sem falar um pouco dos meus preferidos: As faixas ambientes, as músicas mais viajantes, oníricas e psicodélicas, me atraíram. Confesso que estou numa fase trance! Um dos ótimos LPs lançados este ano foi “Sketches From An Island“, do Mark Barrott, o chefe boa-vida do selo International Feel. Alias, selos como o Music From Memory e o Aficionado foram essenciais em 2014. Quando tinha 16 anos, lembro que comprava todos discos de Detroit sem pensar. Antes dos 26, parei com essa besteira de comprar tudo de um lugar ou selo. Afinal, tem muita música boa espalhada por ai. Mas aos 36, o tempo escasso me forçou voltar a escolher por etiquetas. E com Aficionado, não tem erro! :-) No quesito “DJ sets”, as mixagens para piscina do Pete Herbert foram aquelas que mais curti. Mas, chega de papo. Resumindo o ano, elejo como a faixa que representa 2014 (como isso se fosse possível! kkkk), o remix do Wolf Muller (aka, o ótimo Jan Schulte) para “Solito” do pioneiro DJ de Ibiza, José Padilla. Assim, espero que vocês aproveitem o verão e tenham um 2015 ainda mais doido!

PS: Depois de postar, achei que fui um pouco injusto. Deixei de fora alguns momentos dançantes de 2014 como no set de techno em julho no meio da copa, ou no evento no Pq. Ibirapuera. Então, remendo meu mini resumo com essa do Satin Jackets.

Colorama – Hapus?

Desejo uma boa noite pra todos com esta belezinha. Bons sonhos!

Depois de um debate tão cheio de sangue, me senti sem esperanças. Então, lembrei deste lindo disco do Earons, para trazer mais amor, mais compreensão para nossas vidas. De preferência, com uma linha de baixo bem gorda! Paz e amor, moçada!

Continuar lendo ‘Earons – Land of Hunger’

Todos convidados para uma tarde de sábado com música para sentir-se bem. Tragam suas cangas, cadeiras de praia, seu pic-nic e toda família ao Pq. do Ibirapuera no dia 27/setembro próximo! Mais detalhes aqui.

tech_bricks

Ouça abaixo um pedaço do set que discotequei há duas semanas no D-Edge ou faça o download aqui (ou aqui para volume amplificado) e divirta-se! :-)

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Festival de música eletrônica no País de Gales em 1989, em grande estilo terno-e-gravata.

Clássico! Hehehhe… Moog, playback, bigodinho, caras de blasè, chorus feminino dublado por homem… todos os elementos chaves… Só podia ter nascido na Itália.

O audio do clip tá ruim, então pra curtir o som, ouça abaixo:

Pra esquentar o clima da Copa das Copas, nada melhor que um super mix com ótimos grooves brasileiros, todos produzidos pelo lendário Lincoln Olivetti. Curta tambem estas interessantes anotações sobre as faixas (24 no total!):

 

Chegou pelo correio hoje, finalmente… ;-)




Postagens

RSS